Homem de Macau luta pelo reconhecimento do casamento homoafetivo

Um residente de Macau, recentemente, foi proibido de se casar com o seu parceiro de Taiwan, já que o casamento homoafetivo não é reconhecido na região adminsitrativa especial. Anthony Stephanos Lam, chefe local do grupo de direitos LGBT Rainbow of Macau, afirmando para o Macau News Agency que irão aparecer casos similares no futuro.

Parlamento Chinês descarta o casamento homoafetivo

A limitação do casamento sendo somente entre um homem e uma mulher irá permanecer o posicionamento legal da China, afirmou um porta voz do parlamento chinês, descartando a possibilidade de seguir o exemplo de Taiwan de reconhecer o casamento homoafetivo, apesar da pressão de ativistas.

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

Acima ↑