Estrela gay da rádio de Cingapura é impedido de realizar a sua fala do TED em universidade

Tradução do texto de Rik Glauert originalmente postado no Gay Star News.

__________________________

Uma fala do TED do um apresentador de rádio de Cingapura foi cancelada pela Universidade Politécnica de Cingapura depois que ele se recusou em remover temáticas LGBT.

Joshua Simon, apresentador da Kiss92 FM, foi convidado para fazer uma fala sobre identidade e o seu verdadeiro eu no dia 29 de Junho.

Simon contou para o Gay Star News que ele estava excitado em compartilhar a sua história e como um rompimento de relacionamento o forçou a se assumir para o seu pai um ano depois.

Mas, ao manusear as cópias do seu script com os organizadores um dia antes, pediram que ele removesse todos os pronomes masculinos ao se referir aos seus antigos parceiros. Eles também pediram que Joshua removesse a parte onde ele conta que saiu do armário.

Quando ele se recusou, a Politécnica de Cingapura simplesmente o removeu do evento. Organizadores afirmaram que ele não seguia as regras do Ministério da Educação.

“É realmente muito triste” disse Simon para o Gay Star News. “Quando você é convidado para uma fala do TED, você deveria poder celebrar e se sentir livre e seguro para compartilhar a sua história”.

A seção 377A do Código Penal de Cingapura pune o relacionamento sexual entre dois homens com até dois anos de prisão.

Algumas semanas antes, o primeiro ministro da cidade-estado disse que a lei iria permanecer como está “por algum tempo”. Mas, ele disse que a cidade está aberta para todos.

Simon, porém, apontou a censura como um efeito indireto da seção 377A.

“Cingapura é cheia de não perguntem, não contem”, ele disse. Ele explicou como ele não mencionou sobre a sua sexualidade no seu show de rádio por causa das regras das Autoridades de Desenvolvimento Midiático de Cingapura. Mas, ele esperava que o TED seria uma plataforma segura.

Ele afirmou que se recusou a censurar o seu script já que “fazendo isso, criaria um doloroso precedente para as próximas pessoas LGBT que recebessem a oferta de palestrar nesses eventos”.

O que ele gostaria de dizer?

Simon disse para o Gay Star News que ele queria compartilhar como todo o seu mundo caiu por terra e foi obrigado a reconstruí-lo.

A fala do TED foi intitulada “Em busca de alieníngenas no mundo humano”.

Simon iria explicar como quando jovem acreditava que a parte que os outros achavam estranho nele o faziam se sentir como um alienígena”.

Ele queria explicar por anos como ele escondeu o seu verdadeiro “alienígena”  e focou no seu humano.

Mas, o trauma de um rompimento de relacionamento e ter sido exposto levou ele a ter sérias questões de saúde mental.

“Quando algo realmente devastador acontece e você se sente como se tivesse perdido o amor da sua vida e você se sente completamente deixado para trás”, ele explicou.

“São nesses momentos que você está mais fraco, que tudo o que você precisa trabalhar sobe para a superfície. Eu aprendi a abraçar o meu alienígena novamente e permitir que ele fale através de mim”.

Singapore-radio-star-Joshua-Simon-Photo-Provided

E agora?

Simon contou para o Gay Star News que a universidade tinha se oferecido para se encontrar com ele e se desculpas. Mas, ele se recusou. “Eu não quero estar perto de tudo isso”.

“A razão pela qual eu escolhi compartilhar a minha história de saída do armário foi porque eu pensei que para o TED, eu estaria seguro”.

Simon disse, porém, que ele ficou “surpreso” que sua colega, Victoria Cheng, se manifestou em sua defesa no evento.

A sua postagem explicando o que aconteceu viralizou.

Em julho do ano passado, o Instituto São Joseph (SJI) – uma escola católica de Cingapura – também cancelou uma fala por causa da temática LGBT.

SJI disse que a decisão “estava além do controle” deles e culparam o ministério da educação.

Mas, o ministério afirmou que não estava envolvido nessa decisão.

No caso de Simon, o ministério ainda não se manifestou.

__________________________

Links relacionados:

Matéria original (Em inglês): Singapore radio star barred from giving TED talk at university

Primeiro Ministro de Cingapura afirma que irá manter lei que criminaliza a homossexualidade

Conheça Vanda, uma das maiores Drags de Cingapura

Estudo aponta que 70% da população de Cingapura desaprova o casamento homoafetivo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: