Conheça Vanda, uma das maiores Drags de Cingapura

Tradução do texto de Rik Glauert originalmente postado no Gay Star News.

____________________________

Vanda Miss Joaquim, que escolheu seu nome pela flor nacional de Cingapura, é uma das drag queens mais famosas do país.

Ela representou Cingapura na segunda temporada de Drag Race Thailand – a primeira versão da competição de RuPaul fora dos Estados Unidos.

Mas, como malaio muçulmana, ela levantou controvérsias com a sua montagem utilizando uma burka.

Em Cingapura, onde o sexo entre duas pessoas do mesmo sexo é ilegal, ela foi denunciada por grupos religiosos por perversão.

Mas, Vanda Miss Joaquim perseverou. O seu clube, House of Miss Joaquim, é hoje um centro para drags de Cingapura e outros artistas.

Vanda-Miss-Joaquim

Ela está, quase que sozinha, alimentando uma geração de drags em Cingapura.

Vanda Miss Joaquim, performada por Azizul Izzy Mahathir, e a história de como ela encontrou sucesso e aceitação é o centro de uma nova curta metragem.

“Eu não queria somente contar a história de Azizul Izzy Majathir e a sua ascensão para o estrelato” disse o diretor Melvin Tseng.

“A sua história era importante para mim não somente por causa do sucesso que ele alcançou”.

“Eles nos chamam de desgraça”

Vanda Miss Joaquim explica que o ódio e abuso não diminuíram a sua paixão por drag.

“Existe muito ódio, muitos comentários” ela explica. “Eles nos chamam de desgraça, e se eles nos encontram do lado de fora irão nos espancar, todos os tipos de ameaças”.

O filme também mostra como a família dele reagiu quando descobriram sobre a sua vida como drag queen.

“No começo eu estava chocada, eu estava muito triste”, disse a mãe de Vanda para Tsenf. “Uma carreira como essa, eu não gosto”.

Mas, Vanda Miss Joaquim trabalhou muito para alcançar o sucesso e o apoio de sua mãe.

Ao mesmo tempo, a sua caminhada e ensinamentos inspiraram muitas pessoas de Cingapura a entrarem na arte.

“Através desse documentário, eu também queria enviar uma mensagem sobre a comunidade Drag de Cingapura e a sua relevância para os dias de hoje”, disse Tseng para o Gay Star News.

____________________________

Links relacionados:

Matéria original (Em inglês): Meet the queen of Singapore’s drag scene

Estudo aponta que 70% da população de Cingapura desaprova o casamento homoafetivo

Li Huanwu, neto de um dos fundadores de Cingapura, se casa com o seu namorado na África do Sul

Diplomata de Cingapura encoraja o fim da antiquada lei que criminaliza a homossexualidade

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: