Campanha mostra o dia a dia de mulheres trans no Japão

Tradução do texto de Rik Glauert originalmente postado no Gay Star News.

________________________

Um vídeo mostrando o stress e a ansiedade diária enfrentados por mulheres trans no Japão viralizou nas redes sociais.

A empresa de recrutamento LGBT JobRainbow lançou o vídeo junto com a hashtag #ForAllWomen, no dia internacional da mulher.

Mais de 30.000 pessoas já compartilharam o vídeo no Twitter.

A campanha mostra três mulheres japonesas trans andando pela cidade. Uma delas é assediada por um homem na rua e enfrenta comentários indesejados.

Outra mulher desiste de entrar no vagão exclusivo para mulheres. E depois, exita em entrar no banheiro feminino.

Também mostra uma mulher lendo em seu telefone a mensagem “Mulheres trans são homens, certo?”.

Veja abaixo a campanha na íntegra (Textos em japonês)

“Você é quem você é”

“Você é quem você é” diz a introdução do vídeo da JobRainbow. “Falar é fácil”.

“Mas nós sabemos. Mesmo que você queira fazer isso, o mundo estará te impedindo” o vídeo continua.

Ele conclui dizendo que eles irão fazer uma sociedade onde nós podemos vivermos como somos.

“O dia internacional da mulher é uma data para celebrar a independência, igualdade e dignidade das mulheres”, escreveu o diretor Soshi Matsuoka no Twitter.

“Eu criei o vídeo através de experiências reais para ajudar mulheres trans… quebrar os preconceitos e apoiar todas as mulheres, incluindo mulheres trans”, ele escreveu.

Direitos trans no Japão

A Suprema Corte do Japão publicou uma decisão em janeiro mantendo a lei que exige que pessoas trans sejam esterilizadas antes de fazerem a alteração do seu gênero em documentos oficiais.

Dois “reconhecidos profissionais da medicina” devem diagnosticar a pessoa trans com “desordem de identidade de gênero” antes que elas possam se candidatar a mudança oficial de gênero.

Elas devem também ter mais de 20 anos, serem solteiras, e não terem filhos.

Ainda, a lei proíbe que elas tenham genitálias funcionais.

Mas, a Human Rights Watch argumentou que, pelo menos, esse caso trouxe atenção para esse problema.

________________________

Links relacionados:

Matéria original (Em inglês): This is the reality of everyday life for trans women in Japan

10 casais processam o governo japonês em busca do casamento igualitário

Ativistas apelam que o Japão tome uma postura e legalizem o casamento igualitário

Depois de 13 anos de atividade, grupo drag “Hoshizuku Scat” lança o seu primeiro álbum

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: