Atriz de Bollywood participa da inauguração do primeiro centro de saúde LGBT da Índia

Tradução do texto de Rik Glauert originalmente postado na Gay Star News.

___________________________

O centro comercial da Índia, Mumbai, recebeu no dia 6 de março o primeiro centro de saúde LGBT do país.

Uma das mais antigas organizações de saúde LGBT da Índia, a Humsafar Trust, lançou o projeto piloto de clínicas integradas para o HIV com a ajuda de ONGs internacionais e grupos estatais de combate ao HIV.

A atriz de Bollywood Richa Chadha cortou o laço vermelho durante a cerimônia de abertura.

O centro irá oferecer serviços de tratamento e prevenção do HIV para a população de Mumbai, incluindo homens que fazem sexo com homens.

Ele irá também oferecer aconselhamentos e orientações de saúde mental.

“É ótimo que possa existir um espaço onde pessoas possam vir sem medo de serem julgadas, e receberem o apoio mental e psicológico que precisam” afirmou Chadha, de acordo com os jornais locais.

“A Humsafar Trust tem trabalhado nessa questão por muitos anos, e tem uma noção dos problemas que precisam ser observados”.

Existiam 2,1 milhões de pessoas vivendo com HIV na Índia em 2017 e 88.000 novas infecções foram registradas nesse ano de acordo com a Avert.

Cerca de 2,7% dos homens que fazem sexo com homens vivem com HIV.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Seção 377

Ano passado, a Suprema Corte da Índia suspendeu a lei anti-gay da era colonial que criminalizava a homossexualidade.

A Suprema Corte decidiu que a lei da era colonial, que punia a homossexualidade com até dez anos de prisão, era inconstitucional.

Ativistas também receberam a decisão como um passo importante para o combate da epidemia de HIV/AIDS na Índia.

Mas, indianos LGBT ainda sofrem com os estigmas e discriminação. Eles, então, sentem vergonha de buscar ajuda em serviços de saúde público.

Chadha disse que desde a suspensão da Seção 377, ONGs e caridades poderão abrir mais centros de saúde.

Eles poderão ajudar a “trazer mais inclusividade e acessibilidade” conta Chadha.

___________________________

Links relacionados:

Matéria original (Em inglês): Bollywood actress opens India’s first LGBTI health center

Abandonadas: somente 2% das pessoas trans da Índia moram com os pais

Governo da Malásia requer que mulher trans indiana mude o passaporte para masculino

Ativista Gopi Shankar fala sobre bullying e seu trabalho de conscientização

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: