Ativista LGBT de Hong Kong é detido por três dias na China continental

Tradução do texto de Rik Glauert originalmente postado no Gay Star News.

_________________________

A polícia chinesa deteve o ativista LGBT de Hong Kong Cheung Kam Hung por três dias.

O fundador da Rainbow China, uma caridade de Hong Kong que promove os direitos LGBT na China, disse que ele estava viajando na cidade de Shenzhen quando ele foi detido.

“Eu fui ‘detido administrativamente’ pelas autoridades por três dias e então recebi uma ‘repatriação forçada’ para Hong Kong” contou ele para a Gay Star News.

“Quais foram as razões específicas? Assim como muitos amigos e familiares que se importam comigo, eu quero saber” escreveu ele no Facebook.

Hong Kong

O Reino Unido devolveu a sua antiga colônia de volta para a China em 1997. Mas, a China concordou com o governo de Hong Kong em adotar a política de “um país dois sistemas” por 50 anos.

Sob essa política, Hong Kong não é sujeita às leis chinesas e detêm um alto nível de liberdade de imprensa e liberdade de discurso.

Mas, Beijing é cada vez mais influente na região e ativistas estão demandando mais democracia.

A mídia local ligou a prisão de Cheung com os seus envolvimentos com grupos pró-democracia em Hong Kong.

Cheung contou para o Gay Star News que autoridades chinesas insinuaram que ele não deveria participar dos movimentos pró-democracia de Hong Kong.

“Mas eu não envolvi nessas questões nos últimos anos” ele conta. “Eu estou focado em direitos LGBT e questões de HIV/AIDS na China”.

Rainbow China, de acordo com a sua página do Facebook, tem como objetivo “oferecer apoio na luta pela igualdade dos direitos LGBT na China”.

A organização também oferece serviços de apoio para HIV/AIDS e outros direitos de minorias da China.

Direitos LGBT na China

Cheung contou para o Gay Star News que recentemente a liberdade na China tem se tornado mais “restrita”.

As leis para ONG internacionais do presidente Xi Jinping tem dificultado a coleta de fundos, conscientização e outras atividades na China continental.

“Eu amo a China e quero fazer algo significativo para eles”.

A China fechou duas organizações LGBT em Guangzhou, não muito longe de Hong Kong.

O Gabinete de Relações Municipais classificou o Grupo Rainbow da Universidade de Guangzhou e o Centro de Educação sobre Gênero e Sexualidade de Guangzhou como “organizações sociais ilegais”.

Muitas atividades LGBT tem sido barradas recentemente, contou um ativista de Guangzhou para o Gay Star News.

Ainda, ele afirma que é “muito difícil” para grupos LGBT se registrarem.

A China descriminalizou a homossexualidade em 1997 e a removeu da lista de transtorno mentais em 2001.

Mas, muitos chineses LGBT ainda vivem dentro do armário. O casamento homoafetivo ainda é ilegal.

A associação de serviços de transmissão da China (CNSA) oficialmente baniu conteúdos LGBT da internet chinesa em junho de 2017. A CNSA categorizou a homossexualidade como “comportamento sexual anormal”.

Enquanto isso em Hong Kong, existe uma pressão cada vez maior de reconhecimento das uniões homoafetivas.

Dois casais estão processando o governo a reconhecer o casamento igualitário na suprema corte.

Ano passado, a comunidade LGBT da região celebrou depois que o governo reconheceu parceiros estrangeiros de casais homoafetivos ao garantir visto de cônjuge a eles.

_________________________

Links relacionados:

Matéria original (Em inglês): Hong Kong LGBTI activist detained for three days in mainland China

Como esse casal gay de Hong Kong encontrou amor através da arte – e zumbis

Suprema Corte de Hong Kong nega a alteração de gênero para três homens trans

Livros infantis com temática LGBT estão desaparecendo das estantes de Hong Kong

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: