Um dos romances mais famosos da China foi adaptado como filme gay em Taiwan

Tradução do texto de Daniel Villareal originalmente postado no Queerty.

________________________________

Taiwan chamou a atenção dos jornais internacionais por causa do decepcionante voto público contra o casamento igualitário, mas ainda mantém a posição de um dos países mais amigáveis para LGBT da Ásia. Na realidade, um novo filme intitulado “A história da Pedra” (Ainda inédito no Brasil) mostra um lado erótico do cenário gay de Taiwan ao mesmo tempo modernizando um clássico da literatura chinesa.

“A história da Pedra” é uma adaptação cinematográfica moderna de um romance chinês de 1791 intitulado “O sonho da câmara vermelha”, um conto sobre duas famílias ricas e influentes, amizade e rivalidade romântica que culmina com a subida e queda dessas famílias sob o olhar do imperador.

O romance foi aclamado como um dos “Quatro Grandes Romances Clássicos” da China e é renomado pela miríade de personagens e a sofisticada descrição da cultura asiática.

story-of-the-stone-02

O filme parece estar cheio de sensacionalismo e potencialmente problemáticas representações de “contos explícitos e crus cheio de abuso de drogas, orgias e a cena gay contemporânea de Taiwan”. Apesar disso, os seus criadores dizem que por baixo dessa representação de um “estilo de vida decadente de homens gays de Taipei… existe uma narrativa sobre desespero, encarnação e, mais importante, um raio de esperança quando tudo parece perdido”.

O filme se passa na Casa Vermelha, um teatro histórico que também é um marco gay de Taipei, e será palco para doze homens servindo como representações moderna das doze donzelas da novela original. Dois dos personagens abertamente vivem com HIV.

Abaixo veja o trailer do filme (Em mandarim com legendas em inglês)

Faz sentido que essa nova obra do cinema gay de Taiwan capitalize no aspecto sexual e sensacionalista da vida gay – o emergente cinema gay dos Estados Unidos também tem tentado chamar a atenção dos espectadores através da sensualidade. Mas ainda ficam o questionamento se “A história da Pedra” irá superar as cenas de sexo para oferecer algo autêntico e novo.

O filme foi oficialmente selecionado para o QFest Houston, o Festival Internacional de Filmes Queer de Taiwan e o Festival de Filmes Taiwaneses de Sydney. Depois da sua estréia, porém, o filme ainda se mantém apenas disponível em redes de streaming de países da Ásia.

________________________________

Links relacionados:

Matéria original (Em inglês): One of China’s most famous novels has been remade into a steamy gay Taiwanese film

Pessoa Não-Binária de Taiwan é nomeada uma dos 100 pensadores mais influentes pela Foreing Policy

Escola chinesa é processada por demitir professor por ser gay

Taiwan irá criar uma lei separada para a união de casais do mesmo sexo depois de referendo promovido por conservadores

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: