Pesquisa aponta que nenhuma empresa filipina tem políticas inclusivas para a comunidade LGBT

Tradução do texto de Rik Glauert originalmente postado no Gay Star News.

___________________________________

Não existe nenhuma companhia filipina que seja inclusiva à comunidade LGBT de acordo com um estudo publicado pela Câmera de Comércio LGBT Filipino.

Somente 17% das companhias do país tem alguma política contra a discriminação de pessoas baseado na sua sexualidade ou identidade de gênero.

É importante observar que todas essas organizações são internacionais com sedes fora do país.

O Index de Inclusividade e Diversidade de Sexualidade e Identidades de Gênero dentro de Corporações Filipinas de 2018 analisou 100 companhias das Filipinas. Juntas, essas companhias empregam 267.231 pessoas.

Além disso, nenhuma das 56 firmas filipinas ou agências governamentais tem algum tipo de política anti-discriminatória.

A pesquisa também revelou que as companhias sem políticas inclusivas à comunidade LGBT também não tem nenhum plano de mudar nos próximos cinco anos.

A empresa de pesquisa Cogencia, com o apoio do governo holandês que conduziram essa pesquisa.

Getting ready for the Media Launch of the Philippine Corporate SOGIE Diversity & Inclusiveness Index 2018.

#CSDIPH #LGBTChamber

Publicado por Philippine LGBT Chamber of Commerce em Terça-feira, 6 de novembro de 2018

Sem leis anti-discriminatórias

Brian Tenorio, Presidente da Câmera de Comércio LGBT das Filipinas, disse que a pesquisa foi um “Chamado de alerta” para a criação de uma lei anti-discriminatória nas Filipinas.

Enquanto isso, a proposta Nº 1271 está definhando no Senado nos últimos dois anos.

Ela tornaria ilegal negar acesso a serviços públicos, contratar ou demitir, impedir o acesso à educação, ou assediar uma pessoa baseado na sua sexualidade ou identidade de gênero.

“Na ausência dessa lei anti-discriminatória, profissionais LGBT sofrem discriminação, preconceito, e assédios sem poder recorrer a ninguém”, conta Evan Tan, Vice-presidente da Câmera de Negócios e Indústrias.

E adiciona que “todos os dias, nós ouvimos histórias de discriminação no espaço de trabalho dos nossos colegas LGBT”.

E agora?

Os resultados desanimadores fizeram com que a Câmara lançasse um grande projeto para 2019.

#ZEROto100PH planeja que 100 companhias se comprometam a tornar o seu estabelecimento mais inclusivo para a comunidade LGBT.

Tan conta que a Câmara irá encorajar companhias locais a conduzir treinamento contra a discriminação de pessoas LGBT no espaço de trabalho. E o mais importante, eles querem que companhias determinem regras específicas para promover a igualdade em seus estabelecimentos.

“As empresas precisam entender que eles estão perdendo talentosas pessoas LGBT por causa das suas políticas e práticas excludentes” conta Tan.

“Nós sabemos que existe um grande impacto econômico com a discriminação de pessoas LGBT, e as empresas assim como o governo devem agir conjuntamente para para resolver esse problema para que o país cresça”.

_____________________________

Links relacionados:

Matéria original (Em inglês): Zero Philippine companies are LGBTI-inclusive, survey finds

Se você acha que ser LGBT é algo ocidental, esse texto irá trazer algumas novidades para você

Nas filipinas, ser lésbica é o mesmo que ser invisível

Nas Filipinas existe um Deus Patrono dos Homossexuais

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: