Humza Mian e a incrível história por trás do nome de sua drag ‘Manghoe Lassi’

Tradução do texto de  Lavanya Bahuguna originalmente publicado em  Indian Women Blog.

_______________________________

No passado, tive a chance de ter contato com drag queens da Índia que se tornaram divas ocidentais quando se montavam para performar. Sendo anfitriãs de shows e DJs em festas com várias estrelas, essas talentosas rainhas atingiram considerável patamar. Hoje, vamos falar de uma estrela que aproximou a audiência ocidental para nossa cultura local, à medida que ele dá close com todo o brilho por ai.

Conheça Humza A. Mian do Canadá, que faz arte informativa como Drag Queen quando não está trabalhando como técnico de veterinária.

Humza prefere se referir a si no masculino exceto quando performa como Manghoe Lassi, sua drag. Como toda Drag Queen, ele também curte uma maquiagem ousada e dramática. Por ousada, digo sombra marcante como um pavão azul revolto por muito glitter reforçado por um delineador mais grosso que os lábios da Kylie Jenner.

collage_32

Acredite quando digo que seu closet para Manghoe é tão radical que até os dançarinos de Bollywood poderiam encontrar trajes que considerassem finos ao seu nível. “O estilo da minha drag é super influenciado pela moda do sul da Ásia, eu amo lehenga-cholis (traje indiano) e joias locais. Minha maquiagem, por outro lado, sempre muda porque eu adoro experimentar”, diz o artista de origem paquistanesa.

cover-126

Mas nem tudo sempre foi um mar de rosas como parece até então. Por conta de ser muçulmano e drag ao mesmo tempo, Humza precisa lidar com muitas críticas. Porém, ele encontrou uma maneira. Ele diz, “Eu ouço muito discurso de ódio por tornar público que fui criado como muçulmano, ser paquistanês,  drag e gay. Eu costumava brigar com essas pessoas online, mas ultimamente aprendi que não responder cada comentário de ódio é melhor para a minha saúde mental. Eu tento focar nas mensagens de amor. Eu somente respondo mensagens de ódio vez por outra”.

Infelizmente o ódio frequentemente é acompanhado por confusão das pessoas no que diz respeito à comunidade LGBT+ sul asiática, explica Humza. “Os estereótipos colocados sobre queers sul asiáticos provém muito de nossa própria comunidade. Vejo muitas pessoas que acham que isso é só uma fase. Fui indagado várias vezes por outros sul asiáticos se sou trans ou se tenho um terceiro gênero (como drag); eles não conseguem fazer diferenciações”.

Para Humza, o mundo drag não é só um hobbie divertido que lhe dá popularidade e apoio. Ele considera que se trata de um movimento próprio que permite a ele a encorajar companheires marrons a saírem do armário corajosamente. “Recebi muitas mensagens de jovens e adultos queers me dizendo que meu trabalho online lhes deu coragem de serem mais a si mesmos. É triste como jovens marrons são orientados a suprimirem sua feminilidade e não a performarem para outros verem”, ele compartilha.

collage_16

Humza sugere: “Eu penso que é importante nos preparar para o pior quando estamos planejando sair do armário. Se as coisas desandam, pelo menos você pode ser capaz de se manter financeiramente. Ter pessoas que se importem com você é muito importante e no caso de ser rejeitado pela família de sangue; você terá sua família de escolha para te dar apoio.

_______________________________

Links relacionados:

Matéria original (Em inglês): Humza Mian On The Lip-Smacking Story Behind His Drag Name ‘Manghoe Lassi’

Gêmeos Zakar: mãe empurrou a religião goela abaixo mas ainda somos gays

Filme gay considerado muito sensual pela censura finalmente estreia na Índia

Comunidade LGBT do Paquistão cria esperança depois de decisão da corte indiana

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: