Políticos LGBT demandam explicação de Mio Sugita depois de comentários controvérsios sobre casais homoafetivos

Tradução do texto originalmente postado no The Japan Times.

____________________________________

Políticos e líderes de movimentos civis de grupos minoritários demandaram que os membro da Dieta do Partido Democrático Liberal explicasse claramente o que ela quis dizer que casais LGBT são “improdutivos”, e por isso indignos de assistência governamental.

Taiga Ishikawa, legislador abertamente gay da Assembléia do Distrito de Toshima em Tóquio, diz que ele e outros membros da Associação de Representantes Municipais LGBT enviaram uma carta ao primeiro ministro Shinzo Abe exigindo que ele denuncie os comentários realizados pelo membro da Casa Inferior Mio Sugita.

No final de julho, Sugita assinou um artigo questionando o apoio público à pessoas LGBT porque elas não geram filhos e por isso são “improdutivos”.

Depois que artigo provocou uma onda de reações negativas, o LDP instruiu Sugita a “ser cuidadosa”, e afirmou que as opiniões de Sugita não estavam de acordo com o posicionamento oficial do partido em relação aos temas LGBT.

Abe em seguida afirmou aos jornalistas que é “natural almejar uma sociedade onde os direitos humanos são respeitados e a diversidade celebrada”.

Uma petição assinada por mais de 25 mil pessoas foi enviada ao LDP demandando que Sugita se desculpe publicamente e que o governo aprove uma lei contra a discriminação baseada na orientação sexual ou identidade de gênero de um indivíduo.

Ishikawa afirmou em uma conferência que Sugita é “insincera” por não aparecer publicamente desde que o artigo foi publicado, e por nem ter pedido desculpas ou fazer uma retratação pelo que disse.

“Não é nada justo”, afirma Kazuyo Katsuma, uma influente mulher de negócios que recentemente assumiu publicamente estar em um relacionamento com outra mulher.

Katsuma afirma que depois de ter se assumido, todas as respostas de seus amigos próximos foram “positivas”, enquanto que 80% dos comentários anônimos na internet foram negativos.

“Eu espero que todas os japoneses LGBT possam se sentir psicologicamente seguros (para se assumir) nessa sociedade” ela conta.

Katsuma também disse que é importante entender que questões LGBT não são “fetiches ou hobbies”, se referindo ao recente comentário feito por outro legislador do LDP, Tomu Tanigawa.

Tanigawa recebeu diversas críticas por dizer em um webshow que relacionamentos homoafetivos são “como hobbies”.

________________________________________

Links relacionados:

Matéria original (Em inglês): LGBT politicians seek explanation from LDP Diet member Mio Sugita after controversial commentary about same-sex couples

Tadd Fujikawa: Primeiro golfista profissional abertamente gay

Pessoas LGBT demandam uma declaração de desculpas da Legisladora Mio Sugita depois de declaração sobre “improdutividade”

Cirurgia forçada e esterilização: A comunidade trans do Japão ainda enfrenta uma íngreme batalha

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: