Vidas em conflito: Ser muçulmano e LGBT no extremo sul da Tailândia

Texto de  Chayanit Itthipongmaetee originalmente postado no Khao.

__________________________________

Os conflitos de identidade de um jovem muçulmano LGBT do extremo sul da Tailândia foram apresentadas em uma exposição no centro de Bangkok.

“Otherwise Inside” apresentou três vídeos e mais de 30 fotografias criadas pelo pesquisador e antropólogo Samak Kosem na sua pesquisa sobre discriminação religiosa, estigma social e outras questões nas províncias do extremo sul populadas por uma maioria muçulmana.

“Sendo LGBT e muçulmano aparentemente é muito difícil para eles morarem no sul já que estão cercados por um contexto fundamentalista islâmico que não permite que eles expressem a sua sexualidade”, disse Samak, um muçulmano gay de 34 anos da província de Rayong. “Eu gostaria de entender as identidades LGBT escondidas na sociedade já que ninguém fala sobre isso ou permite que esses tópicos sejam levantados”.

37244992_10157504615389256_1134885979153235968_n-313x420

As fotografias foram divididas em sete seções para destacar os diferentes temas de seus sujeitos, incluindo orações diárias, estilo de vida, a intimidade de sua “irmandade” e a espiritualidade de ser LGBT. Algumas fotografias tem o rosto de algumas pessoas censuradas para a proteção de suas identidades.

A instalação de vídeo foram uma colaboração de Samak com outros artistas narrando as histórias de muçulmanos LGBT.  Elas incluem o curta de 13 minutos “Neverland”, que conta a história de pessoas LGBT que tentam fugir de uma realidade onde não são bem vindas para um lugar fantástico. O curta de meia hora “The Day I Became” conta a história de um homem trans e um casal de meninas muçulmanas que entraram em uma barbearia em Pattani receber um corte de cabelo masculino.

Samak foi criado por uma família muçulmana e estudou em uma pondok, uma escola religiosa. Ele está agora explorando as questões queer nos confins da comunidade muçulmana como parte da sua pesquisa de doutorado.

__________________________________

Links relacionados:

Matéria original (Em inglês): Lives in conflict: Being queer and muslim in Thailand’s deep south.

Tailândia: O paraíso LGBT?

Reflexão de Vardaan Arora sobre a descriminalização da homossexualidade: Meu coração bate de entusiasmo

Um imã gay lutando por tolerância

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: